Zé Roberto Reynoso é vice e Fernando Schilis, 3º, no GP Longines no Rio

Próximo encontro da tropa de elite do hipismo é o Longines Indoor na Hípica Paulista, entre 5 e 9/10.

O domingo, 25, foi de mau tempo e chuva no Rio. Mas a disputa do Concurso de Salto Internacional e Nacional no Longines Rio Equestrian Festival prosseguiu normalmente. O dia foi do jovem talento Thiago Aquino de Arruda Martins, de 22 anos, que venceu o primeiro Grande Prêmio. Montando Anneline, Thiago foi o único a garantir duplo zero falta no GP Longines, de baixo de forte chuva. Somente Thiago zerou a primeira volta e e portanto, foi o último dos 12 que disputaram a segunda passagem. O tempo dos demais 11 conjuntos com quatro pontos era quase impossível de tirar, ainda mais depois da apresentação de José Roberto Reynoso Fernandez, que montando Maestro St Lois  foi antepenúltimo em pista e estabeleceu a marca de 47s31.

Zé Roberto e Maestro St Lois mostraram boa forma no GP Longines ; img: João Markun

Zé Roberto e Maestro St Lois mostraram boa forma no GP Longines ; img: João Markun

“A estratégia era mesmo de ir para o zero. Era minha única chance. Na verdade minha égua não é mtuio rápida, e eu sou menos experiente que os outros cavaleiros profissionais. Tentei fazer meu papel e zerar a pista e no final deu certo”, declarou Thiago

E não poderia ter dado mais certo. Anneline, sua parceira de 11 anos de idade, parecia ainda mais leve e saltando melhor na segunda volta. E, depois de dois anos juntos e de ter dado a Thiago os títulos de bicampeão por equipe em dois Campeonatos Sul Americanos de Young Riders, um vice-campeonato individual e um terceiro lugar individual nestas competições, agora foi a vez de ganharem juntos um GP internacional. E disputando com os melhores do Brasil.

O campeão Thiago com Anneline; img: Beatriz Cunha

O campeão Thiago com Anneline; img: Beatriz Cunha

“É o meu melhor resultado. O primeiro GP de muitos, eu espero”, torce o campeão, que levou para casa além da premiação em espécie, um relógio Longines. Agora, o projeto é saltar o CSI Indoor na Hípica Paulista, em duas semanas, e continuar evoluindo, sob a atenta orientação de Francisco José de Mesquita Musa, seu professor.

Em segundo lugar no GP Longines, com obstáculos a 1.50m e com assinatura de Helio Pessoa, que preparou os traçados, chegou Zé Roberto com Maestro St Lois, que zerou a 2ª passagem, em 47s31. O cavaleiro sócio da SHP também foi vice no GP Hyundai, e vem com tudo na liderança do Brasileiro Senior Top que tem sua 6ª de oito etapas no Longines Indoor na Hípica Paulista, entre 5 e 9/10,

Já a 3ª colocação foi de Fernando Schillis, representante da Hípica Paulista, com seu Landritter II do Feroleto, uma falta na primeira volta e sem faltas na 2ªem 47s39. A amazona da Hípica Paulista Giulia Scampini com Keep on Fighting, que fez uma falta na 1ª volta, também fechou a 2ª sem faltas em 56s30, fechando em 7º lugar.

Fernando e Landritter do Feroleto II em ação na Hípica Brasileira

Fernando e Landritter do Feroleto II em ação na Hípica Brasileira

O Longines Rio Equestrian Festival contou com o apoio de Hyundai, Total, Promenade, SporTV, AD Lifestyle, Osklen, Multiplan, Village Mall e chancela de FEERJ, CBH e FEI.

Grande Prêmio Longines – 1.50m

Campeão Thiago Aquino de Arruda Martins – BRA – 0/0/62s07
Vice José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Maestro St Lois – BRA – 4/0/47s31
3º Fernando Schilis / Landritter II do Feroleto – BRA – 4/0/47s39
4º Marcello Ciavaglia / Queenie – BRA – 4/0/47s71
5º Luiz Felipe Pimenta Alves / VDL Valdez Assolute RG -BRA 0 4/0/51s17
6º Alberto Sinimbu / Sharapova MCJ – BRA – 4/0/52s11

 

SHP com a fonte CPC Comunicação – fotos: Beatriz Cunha e João Markun

carolaZé Roberto Reynoso é vice e Fernando Schilis, 3º, no GP Longines no Rio