Francisco Musa fatura o tetra e Marquinhos Ribeiro Jr é vice no GP do Festival BH

Foram duas as disputas abertas a cavalos de todas as idades – GP e Mini GP – durante o 12º Festival Brasileiro de Hipismo e 40 anos da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo de Hipismo (ABCCH) que movimentou a Sociedade Hípica Paulista, entre 14 e 19/11. Fechando a competição 35 conjuntos largaram no GP, a 1.50 metro, no domingo, 19, e a vitória ficou com Francisco Musa que montando Criz Wood JMen garantiu o tetra em GPs do Festival BH, respectivamente, com Xindoctro Método em 2012, Casadora Jmen duas vezes eem 2014 e 2016 agora com Criz Wood JMen, montaria com a qual também venceu a qualificativa do mini GP e GP na sexta-feira, 17/11.

O tetracampeão do GP do Festival BH Francisco Musa e Criz Wood JMen, égua que garantiu duas vitórias e um 6º lugar na competição

Dos 35 conjuntos habilitados ao GP, 15 foram ao desempate no percurso com armação do course-designer internacional Helio Pessoa. Musa, que é também é tetracampeão brasileiro senior top, e Criz Wood garantiram a vitória na super marca de 32s77. Musa monta Criz Wood JMen, égua westfalen filha de Cornet Obolenski de 9 anos de propriedade do Haras Agromen, desde seus 5 anos.

Em uma apresentação perfeita, o cavaleiro da Sociedade Hípica Marcos Antonio da Costa Ribeiro Junior, o Marquinhos montando Arica du Caillou, uma sela belga de 11 anos de propriedade de José Martha Neto, foi vice, pista limpa, 33s05. Já a 3ª colocação aparece novamente Musa, dessa feita, Casadora JMen, sem faltas, 33s18.

Marquinhos e Arica du Caillou em salto perfeito

Patsy Zurita, premiada jovem amazona que treina com Musa e atual amazona e proprietária de Xindoctro Método, foi 4ª, pista limpa, 33s66. Em 5º lugar teve empate entre os cavaleiros da SHP Fernando Schilis com Pomerol TW e Alberto Muylaert, o Mula, com C´est Dorijke, pista limpa, 35s89.

Fernando e Pomerol TW

Para Muylaert o percurso marcou a despedida com C´est Dorijke, dupla vice campeã brasileira senior top 2017, uma vez que agora a égua de 9 anos filha de Cassini I, está de viagem marcada para os EUA, onde vai competir no Winter Equestrian Festival. C´est Dorijke agora volta a competir com o top brasileiro e da SHP Pedro Muylaert, o Pepê, filho de Alberto, atualmente em atividade na Europa e que também vai levar suas outras montarias para uma segunda temporada nos EUA.

Mula e C´est Dorijke fecharam a super campanha 2017 no GP do Festival BH

Comemoração no pódio do GP do Festival BH 2017

O Mini-GP, a 1.35 metro, disputado no sábado, 18/11, teve vitória de Renato Junqueira apresentando Farah Império Egípcio, sem faltas, na super marca de 33s69. Participaram da disputa 66 conjuntos e 15 habilitaram-se ao desempate. Em 2º lugar chegou Thiago Rhavy de Sá e Silva montando Latascha JMen, pista limpa, 34s74, seguido por Artemus de Almeida e GR Armani, sem faltas, 34s99.

Renatinho Junqueira e Farah Império Egípcio

Resultado completo.

Com CBH ; fotos: Luis Ruas e João Markun / ABCCH

carolaFrancisco Musa fatura o tetra e Marquinhos Ribeiro Jr é vice no GP do Festival BH