Carolina Chade, a Cacá, sagra-se vice-campeã sul americana Mirim dentro de casa

No sábado, 11/9, saiu da definição do pódio individual da categoria Mirim (12 a 14 anos) do Sul Americano da Juventude – FEI Southamerican Championship na Sociedade Hípica Paulista. Ao final da 3ª e última prova – com armação de Hélio Pessoa – somente a argentina Emilia Demattei com Carlazo Cooper manteve-se zerada faturando o título de campeã sul-americana da categoria.

Pelas cores do Brasil, o vice-campeonato ficou com amazona da casa Carolina Souza Chade, a Cacá, montando Corbella JMen que registrou somente um ponto perdido ao longo do campeonato. Já a medalha de bronze também ficou com um jovem talento brasileiro Pedro Henrique Martins Kuhlmann apresentando Carry Girl JMen que levou melhor após desempate com outros dois conjuntos totalizando apenas 4 pontos perdidos ao longo das três provas.

A amazona da Hípica Paulista Carolina e Corbella JMen rumo à vitória; img: Emerson Emerim

A amazona da Hípica Paulista Carolina e Corbella JMen rumo à vitória; img: Emerson Emerim

Cacá, vice-campeã, teve com motivos de sobra para comemorar. “Esse foi meu primeiro título internacional individual. Ano passado fui campeã sul americana por equipe Pré-mirim na Argentina e no começo do ano em março a gente conseguiu o 3º lugar na Copa das Nações Mirim em Wellington”, contou Cacá, 14, campeã brasileira mini mirim 2014. “Na primeira passagem da prova final fiz ponto por excesso. Foi mais o cuidado para não cometer falta, acabei perdendo um pontinho, mas estou muito satisfeita. Quero dedicar essa conquista a minha familia, meu tratador que está sempre lá comigo e minha égua. Todos são muito importantes!”

Cacá com sua mãe Suzy e irmãzina e seu treinador e padrastro Marquinhos Ribeiro Jr

Cacá com sua mãe Susi e irmãzina e seu treinador e padrastro Marquinhos Ribeiro Jr

A argentina Emilia, 13, também estava bastante emocionada. “O Carlazo Cooper não é meu. Só montei ele três vezes antes do início do campeonato. Chegamos uma semana antes e também saltamos em Santo Amaro. Eu na verdade não estava muito confiante. Normalmente sou bastante fria, mas hoje fiquei um pouco nervosa. Ao final deu tudo certo e acabei sendo a única sem faltas”, contou Emilia, que monta há quase oito anos e treina com Julian Pirichinsky no clube City Bell em Buenos Aires. “Quero agradecer a toda minha familia, minha mãe e toda torcida aqui. Estou adorando tudo, nem quero ir embora na 2ª feira”, completou a campeã sul-americana.

A nova amazona da Hípica Paulista Maria Luiza da Silva Martha Vieira, a Malu, montando Wonder Z também conquistou um importante resultado. Após fechar a 3ª prova com apenas 4 pontos foi ao desempate pela medalha de bronze. Fez o melhor tempo, 36s58, mas com uma falta fechou na 4ª colocação.  

Malu e Wonder Z: 4ª colocada no Sul Americano Mirim; img: Emerson Emerim

Malu e Wonder Z: 4ª colocada no Sul Americano Mirim; img: Emerson Emerim

 

Comemoração no pódio da categoria Mirim

Comemoração no pódio da categoria Mirim

 

Final Mirim
Campeã Emilia Demattei / Carlazo Cooper – ARG – 0 pp
Vice Carolina Souza Chade / Corbella JMen – BRA – 1 pp
3º Pedro Henrique Martins Kuhlmann / Carry Girl JMen – BRA – 4 pp – 0/36s83
4º Maria Luiza da Silva Martha Vieira / Wonder Z – BRA – 4 pp -4/36s58
5º Avril Rosso Cuiaon / Air Queen – ARG – 4 pp – 12/35s58
6º Juliana Salles Amaral de Almeida / Figo van de Kruishoeve – BRA – 5 pp

Philip Greenlees, eleito cavaleiro de melhor estilo brasileiro, e Richard Kierkegaard, melhor estilo estrangeiro

Philip Greenlees, eleito cavaleiro de melhor estilo brasileiro, e Richard Kierkegaard, melhor estilo estrangeiro

 

Resultado completo e Transmissão ao Vivo.

 

SHP com a fonte: CBH – fotos: Emerson Emerim

 

carolaCarolina Chade, a Cacá, sagra-se vice-campeã sul americana Mirim dentro de casa