Carioca Tiago Mesquita é campeão e Zé Reynoso, vice no GP Roberto Luiz Joppert na 47ª Copa São Paulo

Fechando o Concurso de Salto Nacional 46ª Copa São Paulo, mais tradicional evento hípico do país, na Sociedade Hípica Paulista, na tarde desse domingo, 4/6, o carioca Tiago Mesquita apresentando Baptista foi o grande campeão do GP Troféu Roberto Luiz Joppert. A disputa foi válida pela 3ª de 9 Etapas do Ranking Brasileiro Senior Top e teve premiação total de R$ 80 mil.

O campeão Tiago com Baptista em salto espetacular

Dos 33 conjuntos na 1ª volta, conforme a regra, os 12 melhores – cinco sem faltas e sete com apenas um derrube – habilitaram-se ao desempate idealizado pelo course-designer internacional Helio Pessoa. Até o penúltimo conjunto, a liderança vinha em mãos do tricampeão da Copa São Paulo, o cavaleiro olímpico José Roberto Reynoso Fernandez Filho com seu Maestro St Lois, que registrou um derrube e fez pista limpa na 2ª, em 49s70.

Todas as atenções voltadas para Zé Roberto e seu Maestro St Lois

Tiago e Baptista, um cavalo sela holandês de 10 anos, dupla que no ano passado bateu na trave com uma falta no último obstáculo e ficou na 7ª posição, precisava apenas zerar e dessa vez cumpriu a missão. Cuidadoso Tiago levou Baptista à vitória com duplo zero, em 60s51.

“Acho que é muito gratificante ganhar um GP com esse com tanta importância. Já bati na trave várias vezes com 4º, 6º e 7º lugares e, dessa vez, deu tudo certo”, destacou Tiago, 31, que monta em seu Haras Beira Rio, em Itapaiva, e na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio. “Quero muito agradecer a Isabel Celso Meira, proprietária do Baptista, que me apoia com bons cavalos e nos concursos há sete anos”, disse Tiago, que foi campeão brasileiro senior em 2010, vice no tradicional GP The Best Jump em Porto Alegre, entre muitas outras conquistas. Ainda no pódio, Zé Reynoso, bicampeão da senior top 2015/2016 e tricampeão da Copa São Paulo 2014/2015/2016, brincou: “foi por pouco, dessa vez o Tiago estragou a minha festa.”

A 3ª colocação ficou com o jovem talento carioca Victor Mariano Luminatti com Homer van de Barlebuis, que fez um derrube na 1ª volta e zerou a 2ª em 40s81.

Victor e Homer van de Barlebuis

Artemus de Almeida com seu Cassilano JMen, dupla que venceu a prova a 1.45 metro na sexta-feira 2/6, ficou em 4º lugar, com uma falta no penúltimo obstáculo, em 51s72, resultado manteve Artemus na liderança do ranking brasileiro Senior Top.

Artemus com seu Cassilano JMen

O cavaleiro reserva do Time Brasil na Rio 2016 Felipe Amaral com Premiere Carthoes BZ garantiu o 5º posto, um derrube no último obstáculo da 2ª volta, em 52s26. E, finalmente, a 6ª colocação foi para Bruno Chaves Pessanha e Transwaal Allouete van Het, oito pontos, 46s63.

Os vencedores do GP com Romeu Ferreira Leite Jr, presidente da SHP

Troféu Perpétuo Roberto Luiz Joppert

São muitos os cavaleiros que fizeram e fazem a história da Sociedade Hípica Paulista, do hipismo brasileiro e internacional e, sem dúvida, Roberto Luiz Joppert é parte dela. Ao lado de outros grandes nomes e amigos como José Roberto Reynoso Fernandez, o saudoso Alfinete (hexacampeão da Copa São Paulo), Caio Sérgio de Carvalho, Ricardo Gonçalves, Romeu Ferreira Leite, Sergio Pereira, Carlos Alberto Santos e também Raul Lara Campos, Gianni Samaja, Eduardo Dantas, o Dantinhas, Roberto Luiz Joppert, mais conhecido como Bob, era figura notória.

Carlos Alberto dos Santos, Roberto Luiz Joppert, José Roberto Reynos Fernandez, o Alfinete e Serigo Pereira a postos na Sociedade Hípica Paulista

Falecido precocemente em 2009, aos 62 anos, Bob colecionou títulos nacionais e internacionais, entre eles, o bicampeonato GP Pão de Açúcar 1973/1974 (atual Copa São Paulo). Desde 2010, a cada edição da Copa São Paulo, a Sociedade Hípica Paulista homenageia Joppert com o Troféu Perpétuo Roberto Luiz Joppert, em que o campeão do GP tem seu nome inscrito, e leva uma réplica do Troféu para casa e uma outra réplica vai para o proprietário do cavalo campeão.

Artemus de Almeida segue líder do ranking brasileiro senior Top: confira as regras

Após a 3ª de 9 Etapas do Ranking Brasileiro Senior Top, Artemus de Almeida segue líder do ranking brasileiro Senior Top agora com 116,50 pontos e Zé Reynoso vem em 2º, 88 pontos. Todas as nove etapas do ranking brasileiro senior top com exceção da 4ª Etapa que culmina com o Campeonato Brasileiro devem obrigatoriamente realizar uma prova preparatória com chamada mínima de 1,45m e o Grande Prêmio com chamada mínima de 1,50m, em que a prova preparatória tem peso 1 na contagem de ponto e o Grande Prêmio, 1.5. No Campeonato Brasileiro Sênior Top 2017 as duas provas têm peso 02 e não podem ser descartadas. Cada etapa tem premiação mínima de R$ 80 mil no Grande Prêmio, e mínima de R$ 15 mil na prova preparatória. O campeão do ranking brasileiro senior top 2017 também levará um carro O km. A 4ª etapa acontece no Campeonato Brasileiro Senior Top 2017, na Sociedade Hípica Paranaense, entre 3 e 6 de agosto. Esse ano, o Campeonato Brasileiro segue sendo parte do ranking, porém define o campeão brasileiro e as nove etapas o ranking brasileiro senior top.

Agenda Ranking Brasileiro Senior Top

1ª Etapa CSI-W*** Cidade de Porto Alegre – The Best Jump – 04 a 07 de maio – SHPOA – RS
2ª Etapa CSI-W** Cidade de Curitiba – 11 a 14 de maio – SHPr – PR
3ª Etapa CSN Copa São Paulo – 31 de maio a 04 de junho – SHP – SHP
4ª Etapa CBS – Campeonato Brasileiro Senior TOP – 03 a 06 de agosto – SHPr – PR
5ª Etapa CSI-W** 40º Cidade Rio de Janeiro – 17 a 20 de agosto – SHB – RJ
6ª Etapa CSN 82º Aniversário do CHSA – 06 a 10 de setembro – CHSA – SP
7ª Etapa CSI-W** Indoor – 20 a 24 de setembro – SHP – SP
8ª Etapa CSN Agromen – 11 a 15 de outubro – Orlandia – SP
9ª Etapa e Final CSN Top Rider – 07 a 10 de dezembro – SHB – RJ

 

Resultado completo.

 

Fonte: SHP ; fotos: Luis Ruas, Gabriela Lutz e arquivo pessoal

carolaCarioca Tiago Mesquita é campeão e Zé Reynoso, vice no GP Roberto Luiz Joppert na 47ª Copa São Paulo