Artemus de Almeida com Cassilano JMen vence o esquenta para o GP da Copa São Paulo

Foi de Artemus de Almeida, atual líder do ranking brasileiro senior top, com o cavalo Cassilano JMen, a vitória, a 1.45 metro, principal disputa do dia, na 46ª Copa São Paulo, na Sociedade Hípica Paulista, nessa sexta-feira, 2/6. Dos 41 conjuntos, 20 zeraram e 18 habilitaram-se ao desempate idealizado pelo course-designer internacional Helio Pessoa. Com uma apresentação perfeita, o cavaleiro pan-americano Artemus, que vem na liderança do ranking brasileiro senior top, e Cassilano JMen, um cavalo Brasileiro de Hipismo de 10 anos, garantiu a vitória sem faltas em 33s82.

Artemus e Cassilano JMen: atuação espetacular na 46ª Copa São Paulo

A 2ª colocação ficou com o cavaleiro da casa Fernando Schilis montando Dimensional Landritter do Feroleto, que zerou em 35s23. A 3ª posição ficou com o tetracampeão brasileiro senior top Francisco Musa em sua estreia montando Sharapova MCJ, pista limpa, 36s41. Coincidentemente os três primeiros cavalos são de criação nacional e passaram pelas mãos do vencedor Artemus.

Fernando e Landritter do Feroleto II também deram show de categoria

A 3ª posição ficou com o tetracampeão brasileiro senior top Francisco Musa em sua estreia montando Sharapova MCJ, pista limpa, 36s41. Coincidentemente todas os três primeiros cavalos são de criação nacional e passaram pelas mãos do vencedor Artemus.

Musa e Sharapova

Para o GP, a 1.50 metro de domingo, 4/6, válido pela 3ª de nove etapas do ranking brasileiro senio top, Artemus está otimista. “O Cassilano vem muito constante sempre com boas chances de estar entre os primeiros. Monto ele desde os 5 anos e nossa meta é disputar uma vaga na equipe brasileira nos Jogos Equestres Mundiais 2018 e nos Jogos Panamericanos 2019”, pondera Artemus, vice-campeão brasileiro senior top em 2014 e 3º em 2016.

Outro favorito é José Roberto Reynoso Fernandez Filho que vem de tricampeonato consecutivo no GP da Copa São Paulo. Hoje, Zé Roberto bateu na trave com Maestro St Lois, fechando com uma falta, em 33s76, melhor tempo do desempate. “Quero fazer o melhor para brigar pela liderança do ranking brasileiro e, se minha estrela brilhar, conquistar o tetra no GP”, afirma Zé Roberto, 37. Seu pai José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete (in memoriam), é o maior vencedor na história da competição com o hexacampeonato no GP.

Zé Roberto com seu Maestro St Lois no desempate

Também estão entre os destaques, o medalhista olímpico Doda Miranda com sua nova montaria Flying High das Umburanas e o cavaleiro reserva na Rio 2016 Felipe Amaral com Carthoes BZ. Ambos fizeram pista limpa prova a 1.45 dessa sexta.

Doda e Flying High das Umburanas

No sábado, 3/5, o Clássico, a 1.40 metro, com início às 13h30 e R$ 50 mil em jogo, é a principal disputa. A seguir tem uma prova show Baume Mercier e happy hour. No domingo, 4/5, o GP Troféu Roberto Luiz Joppert, a 1.50 metro, a partir das 14h30 com R$ 85 mil em premiação, encerra a mais antiga competição de hipismo do país.

Prova – 1.45 metro

1º Artemus de Almeida / Cassilano JMen – FPH – 0/33s82
2º Fernando Schilis / Dimensional Landritter do Feroleto – FPH – 0/35s23
3º Francisco Musa / Sharapova – FPH – 0/36s41
4º Stephanie Macieira / Randon Pleasure – FEERJ – 0/36s89
5º Thiago Mattos / Hermès do Santo Antonio – FEERJ – 0/40s30
6º Felipe Lopes Morgan / Top Team Chantilly – FHMG – 0/41s66

 

Ordens de Entrada, Resultados e Transmissão ao Vivo

 

Fonte: SHP com fotos: Gabriela Lutz / divulgação

carolaArtemus de Almeida com Cassilano JMen vence o esquenta para o GP da Copa São Paulo