Luiza Almeida volta a vencer o Grand Prix no 2º Internacional de Adestramento em Deodoro

Entre 2 e 4/5, pela segunda semana consecutiva, o Complexo Esportivo de Deodoro, sede do hipismo nos Jogos Olímpicos Rio 2016, recebe um Concurso de Adestramento Internacional e Nacional. A disputa internacional é válida como observatória para os Jogos Equestres Mundiais 2014, na França, entre 27/8 e 7/9, e os Jogos Pan-americanos 2015 em Toronto no Canadá. Em 2/5, mais uma vez, amazona olímpica Luiza Almeida com seu Pastor garantiu a vitória no Grand Prix (observatória do Mundial) com 68,170%, superando demais seis conjuntos.

Luiza Almeida com seu Pastor ao lado juiz internacional espanhol Francisco Guerra Diaz e representante do Exército

Nossa sócia Luiza Almeida, amazona de duas Olimpíadas e medalhista de bronze por equipes no Pan Rio 2007, com seu Pastor ao lado juiz internacional espanhol Francisco Guerra Diaz (à direita) e representante do Exército

João Victor Oliva com Signo dos Pinhais, a exemplo da semana passada, conquistou o 2º posto, 67,277%. Enquanto Pedro Tavares de Almeida foi 3º com Samba, 66,383%, e 4º, com Toleirão da Broa, 66,255%.

Nosso sócio Pedro Almeida com juiz chileno Max Piraino

Nosso sócio Pedro Almeida com juiz chileno Max Piraino

Nesse sábado, 3/5, João Victor com Signo dos Pinhais também repetiram a classificação do 1º Internacional de 2014 em Deodoro com o 1º posto no Grand Prix Special, 66,208%. Edneu Senhorini com Xaparro do Vouga foi 2º, 65,896%, seguido por Pedro Tavares de Almeida com Toleirão da Broa, 64,979%. Cinco conjuntos participaram da disputa.

João Victor cada vez mais afiado com Signo dos Pinhais ao lado da juíza internacional brasileira Claudia Mesquita

João Victor cada vez mais afiado com Signo dos Pinhais ao lado da juíza internacional brasileira Claudia Mesquita

Formaram o juri Claudia Mesquita, do Brasil, Max Piraino Lyon, Chile, Marian Cunningham, Peru, Sandra Smith de Oliveira Martins, Argentina, e Francisco Guerra Diaz, Espanha. Mais um internacional movimenta Deodoro entre 22 e 25/5.

Exceto, João Victor e Rogério Clementino, todos os candidatos a uma vaga na equipe brasileira nos Jogos Equestres Mundiais 2014 já tem dois ou mais índices de qualificação (mínimo de 64% junto a um juíz de nível olímpico 5*). João, que tem um índice, e demais cavaleiros poderão registrar novo índice no Internacional no Grand Prix em 23/5, novamente em Deodoro, que terá presença dos juízes 5* Gotthilf Riexinger, da Alemanha, e Francis Verbeek-Von Roy, da Holanda.

 

Nesse domingo, a principal atração do dia são as reprises Grand Prix Freestyle e Intermediária I Freestyle.

Grand Prix – 2/5

1º Luiza Tavares de Almeida / Pastor – 68,170%
2º João Victor Oliva / Signo dos Pinhais – 67,277%
3º Pedro Tavares de Almeida / Samba – 66,383%
4º Pedro Tavares de Almeida / Toleirão da Broa – 66,255%
5º Edneu Senhorini / Xaparro do Vouga – 65,702%
6º Manuel Tavares de Almeida / Viheste AR – 65,596%
7º Rogério Clementino / Xamã NP – 62,787%

 

Prix St Georges – 2/5

1º Rogério Clementino / Zodiac dos Diamantes – 67,263%
2º Isabela do Valle / Zephiro da Raposa – 60,263%

 

Prix St Georges Young Rider – 2/5

1º Antonio Victor Macari Oliva / Xerife do Top – 67,579%
2º Victor Trielli Avila / Vencedor JB – 64,737%

 

Grand Prix Special – 3/5

1º João Victor Macari Oliva / Signo dos Pinhais – 66,208%
2º Edneu Senhorini / Xaparro do Vouga – 65,896%
3º Pedro Tavares de Almeida / Toleirão da Broa – 64,979%
4º Manuel Tavares de Almeida / Viheste AR – 64,104%
5º Rogério Clementino / Xamã NP – 62,688%

 

Intermediária I – 3/5

1º Rogério Clementino / Zodiaco dos Diamantes – 66,842%
2º Isabela do Valle / Zephiro da Raposa – 62,816%

 

Individual Competition Test Young Rider – 3/5

1º Antonio Victor Macari Oliva / Xerife do Top – 69,447%
2º Victor Trielli Avila / Vencedor JB – 63,632%

 

 

Fonte: CBH; imagens: Ricardo Monteiro / divulgação

carolaLuiza Almeida volta a vencer o Grand Prix no 2º Internacional de Adestramento em Deodoro